Bastidores

Tabuleiro político: MDB vai ao TRE pedir que Pampolha assuma em caso de afastamento de Castro

Tal movimentação frustra planos do presidente da ALERJ, que seguiria na linha sucessora

Por Manchete Campos News em 03/05/2024 às 22:11:44

O diretório nacional do MDB entrou com uma ação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) pedindo que, caso seja comprovada a acusação de abuso de poder econômico nas eleições de 2022, em virtude das contratações do Ceperj e da Uerj, que a chapa formada pelo governador ClĂĄudio Castro (PL) e seu vice, Thiago Pampolha (MDB) seja desmembrada.

Assim, se Castro for cassado, que Pampolha assuma o governo do Estado do Rio.

O partido argumenta que Pampolha "não concorreu, contribuiu ou participou, de maneira direta ou indireta, para a prĂĄtica das condutas reputadas como abusivas e ilegais". Lembra que, diante da desistĂȘncia do então candidato a vice, Washington Reis, Pampolha foi o escolhido para substituĂ­-lo a poucos dias da eleição.

"Caso se considere caracterizada a prĂĄtica abusiva, certo é que Thiago Pampolha sequer integrava os quadros da Administração Estadual quando da ocorrĂȘncia das irregularidades apontadas", diz o texto da ação proposta pelo MDB.

Caso o Tribunal não aceite o desmembramento da chapa majoritĂĄria, o partido requer preservação temporariamente seu mandato até a diplomação e a posse dos candidatos eleitos na eleição suplementar.

A ação pegou a polĂ­tica do Rio de surpresa. O MDB ocupa duas secretarias importantes no governo de ClĂĄudio Castro.

Fonte: Tempo Real RJ

Comunicar erro

ComentĂĄrios

NET.COM