Bastidores

Sobe para 50 o número de mortos no Sul; pelo menos 300 mil estão sem luz e mais de 180 trechos de rodovias têm bloqueios

A Defesa Civil soma 32,2 mil pessoas fora de casa e 235 municípios afetados. Aeroporto e rodoviária de Porto Alegre estão fechados.

Por Manchete Campos News em 04/05/2024 às 08:58:32

Foto: Agência Brasil

O número de mortos em razão dos temporais que atingem o Rio Grande do Sul subiu para 50 neste sábado (4). Boletim divulgado pela Defesa Civil no início da noite desta sexta-feira (3) traz 39. Outros 11 foram confirmadas pelo g1, RBS TV e GZH junto a prefeituras, polícias civis, Brigada Militar (BM) e Corpo de Bombeiros. Veja abaixo as cidades em que as mortes aconteceram.


Além dos mortos, há 68 desaparecidos e74 pessoas feridas. A Defesa Civil soma32.248 pessoas fora de casa, sendo 8.168 pessoas em abrigos e 24.080 desalojadas, na casa de familiares ou amigos. Ao todo, 235 dos 496 municípios do estado registraram algum tipo de problema, afetando 351.639 mil pessoas.

"Esses números podem mudar ainda substancialmente ao longo dos próximos dias, na medida em que a gente consiga acessar as localidades e consiga ter a identificação de outras vidas perdidas", diz o governador Eduardo Leite (PSDB).

Os temporais causaram danos também na infraestrutura viária do RS. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), 188 trechos de rodovias enfrentam algum tipo de bloqueio em razão disso. Do total, cinco trechos de rodovias federais e 28 trechos de rodovias estaduais sofrem bloqueio parcial. Os demais trechos enfrentam bloqueios totais.

O desastre ambiental também deixou cidades sem luz. Na manhã deste sábado, a Rio Grande Energia (RGE), concessionária de energia elétrica que atende parte do RS, divulgou que 296 mil clientes estão sem luz. A maioria desses clientes estão em áreas alagadas. As regiões mais afetadas são Vale do Taquari (92,1 mil), Metropolitana (88,4 mil), Vale do Rio Pardo, (43,8 mil), Vale dos Sinos (34 mil), Serra (12,4 mil), Planalto (11,7 mil), e Central (9,3 mil).

Em Porto Alegre, o nível do Guaíbasuperou a cota de inundação, transbordando e avançando sobre ruas e avenidas - e ultrapassou os 5 metros na manhã deste sábado.. A estação rodoviária da cidade foi inundada e 95% das viagens foram suspensas. Já o Aeroporto Salgado Filho foi fechado "devido ao elevado volume de chuvas".

Mortes:

  • Canela (2)
  • Candelária (1)
  • Caxias do Sul (4)
  • Bento Gonçalves (4)
  • Boa Vista do Sul (2)
  • Paverama (2)
  • Pantano Grande (1)
  • Pinhal Grande (1)
  • Putinga (1)
  • Gramado (6)
  • Itaara (1)
  • Encantado (1)
  • Salvador do Sul (2)
  • Serafina Corrêa (2)
  • Segredo (1)
  • Santa Maria (5)
  • Santa Cruz do Sul (4)
  • São João do Polêsine (1)
  • Silveira Martins (1)
  • Vera Cruz (1)
  • Taquara (2)
  • São Vendelino (2)
  • Três Coroas (3)

Mais de 230 municípios atingidos.

Fonte: G1

Comunicar erro

Comentários

NET.COM